Dificuldade de Aprendizagem

Dificuldade de Aprendizagem: O que é?

Inicialmente, é importante retomar as definições de dificuldades de aprendizagem e dos transtornos de aprendizagem, uma vez que estes são diferentes entre si. De acordo com o DSM V (Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, vol. 5), os Transtornos de Aprendizagem são definidos por comprometimentos específicos no aprendizado de habilidades escolares, não justificados por outros transtornos (déficit neurológico, problemas visuais e auditivos). Embora possam ocorrer simultaneamente. São considerados Transtornos de Aprendizagem: dislexia, disgrafia e/ou disortografia e discalculia.


Fonoaudiologia sp

Dificuldade de Aprendizagem

As Alterações

Desta forma, as Dificuldades de Aprendizagem são associados às alterações no desenvolvimento da aprendizagem da leitura, escrita e do raciocínio lógico-matemático. Contudo, pode ou não, estar relacionado a um comprometimento da linguagem oral. Sendo assim, muitas vezes essas dificuldades estão associadas à metodologia de ensino utilizada. Embora possam coexistir questões emocionais, questões socioeconômicas e culturais. Sendo assim, torna-se uma criança com desenvolvimento adequado que aprende de forma diferente. Além disso, é notória a discrepância entre o potencial atual e o esperado, para sua idade e ano escolar.


Avaliação, Diagnóstico e Terapia

Assim, o sinal de dificuldade durante o processo de aprendizagem é importante a realização da avaliação fonoaudiológica, a fim de investigar as causas e estabelecer um diagnóstico.

A partir disso, é possível realizar intervenção, não somente com a criança, mas também com a equipe pedagógica (junto à escola), e com os pais. Essa tríade é essencial para favorecer o desempenho do aluno. As dificuldades de aprendizagem, embora possam ter inúmeras bases ou habilidades prejudicadas, devem ser tratadas com a devida importância. Contudo, podem e devem ser utilizados exercícios de compreensão leitora, produção escrita, discurso, concretização de ideias, e gramática. Este último fundamental para a boa compreensão da Língua Portuguesa, repleta destes, muitas crianças apresentam baixa compreensão leitora e alteração gramatical por não saberem utilizar de maneira adequada os conectivos, pronomes, advérbios e por aí vai…

A fonoaudiologia pode ajudar muito nesse processo.  A fonoaudióloga é a profissional responsável por estimular as habilidades alteradas para facilitar o processamento da leitura e da escrita, em todos os seus níveis. Além disso, se responsabiliza em ajudar os professores a elaborar técnicas que ofereçam ao estudante uma experiencia satisfatória e positiva diante das dificuldades.


 

Por: Fonoaudióloga Helena Sousa 

Publicações Relacionadas

Deixe um Comentário