Autismo: O que é ECOLALIA?

AUTISMO: barreiras na comunicação

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) , mais comumente conhecido por Autismo,  é um transtorno que afeta o neurodesenvolvimento, caracterizado por dificuldades na comunicação e interação social em múltiplos contextos. O comportamento das crianças inseridas no espectro apresenta padrões restritos e repetitivos de comportamentos, com sintomas que surgem precocemente no período do desenvolvimento.

Sendo assim, os sintomas mais notórios nestes pacientes são: alteração ou atraso no desenvolvimento de linguagem, pobre compreensão de discurso e de inferências, fala ecolálica e pouca ou nenhuma interatividade social.


O que é ECOLALIA

A Ecolalia é um fenômeno persistente que se caracteriza como um distúrbio de linguagem, definida como a repetição da fala do outro. E esta é normalmente distinguida em duas categorias: imediata ou tardia, logo, caracterizadas por pouco tempo após a emissão e após maior tempo de produção pelo interlocutor. Assim, conforme o desenvolvimento da fala e de linguagem, a aparição desta por diminuir e/ou aumentar.


Além disso, as crianças autistas a utilizam como um meio de comunicação (mesmo quando não é funcional), com uso da repetição para confirmar um desejo, mecanismo de regulamento do comportamento ou  a utilizam quando ainda não são capazes de se comunicar livremente. No entanto, a ecolalia tardia é considerada como um sinal precoce de TEA . Vale ressaltar que a ecolalia, muitas vezes, é encontrada no processo normal de aquisição de linguagem e o que a diferencia da patologia é a PERSISTÊNCIA deste sinal.

Narrativa e Autismo


Por que a ECOLALIA surge?

Normalmente, a ecolalia acontece por falta de repertório ou como um estímulo auditivo que a criança utiliza para se reorganizar. O que é legal fazer em casa: quando a criança estiver em uma brincadeira com você ou uma atividade que você está o supervisionando, faça perguntas e forneça as respostas, para que ele tenha exemplos e amplie o repertório. Narre contextos e brincadeiras, por exemplo, caso a criança vá tomar o café da manhã você pode narrar todo este processo, dando assim, suporte linguístico e visual simultaneamente, e isto favorece o repertório da criança.


É importante olharmos para a ecolalia e sempre darmos atenção aos momentos que ela surge, e avaliar o por quê. Dentro da terapia, é possível observar que as crianças se beneficiam muito quando é direcionado o uso de jogos onde seja necessária a ajuda do adulto ou precise criar uma estratégia. Entretanto, isto ocorre quando há a participação do terapeuta através de narrativas e direcionamento da atenção para a solução dos problemas encontrados.


Autismo

iPad x ECOLALIA

E claro, além de tudo isso, a redução do uso do iPad ou de vídeos/desenhos, também diminuem está. Não é necessário cortar, é importante direcionar o uso, mostrando jogos educativos, que possam tornar a ecolalia funcional ou que contenham significados e novos aprendizados para a criança ampliando vocabulário, estrutura gramatical, criando novos contextos e etc.

Lembre sempre os pais da importância da participação e reprodução das atividades de terapia também EM CASA!


Para saber mais, acesse:

https://nucleocomunicar.com.br/autismo-e-fala-o-que-e-ecolalia-como-o-fonoaudiologo-pode-ajudar/

Publicações Relacionadas

Deixe um Comentário